Google+ Followers

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Portugal existe?





Andam os pais a trabalhar, a poupar e a fazer contas uma vida inteira, para ajudar os filhos e netos! A mãe do pintor pediria a quantia que o filho lhe indicasse; a mãe das meninas, pagaria a quantia que ou sua mãe lhe indicaria a pedido do filho! Não era por isso que ficariam zangadas, ambas sabiam que estes negócios juvenis teve a sua época! Dariam aos filhos o dinheiro para os bens essenciais, por enquanto. Era necessário discutir que mais algumas medidas deste governo, nem para o seu sustento chegaria. As mães, sem alternativas e inexperiência, desleixo e mimo que, nunca pensaram que o país chegasse a caqueiros, lhe incutiram alguns dos seus vícios. “É o fim do mundo!” Estavam fartas de ouvir! Não é bem assim, será melhor: 
O FIM DE PORTUGAL INDEPENDENTE, DO PONTO DE VISTA POLITICO E ECONOMICO!

Sem comentários:

Enviar um comentário