Google+ Followers

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Sobre a vida...



Muitas vezes a morte vem de repente, como tantas vezes se vai morrendo lentamente e lentamente se vão perdendo qualidades físicas, de memória, tornando o desejo de existir ténue! Numa das suas misturadas reflexões, ficou aliviada ao relembrar ser o seu estimado neto a guardar as chaves que ela guardava há quase meio século. Tirou o lenço dos olhos secos e aprumou as costas.
Há muito tempo atrás, frente a uma tragédia, Espinosa dizia que não devíamos rir nem chorar, mas compreender.






Sem comentários:

Enviar um comentário