Google+ Followers

sábado, 21 de junho de 2014

e acordou.




 pintura de Toulouse - loutrec
(…) Ela arranjou uma posição para pousar a rosto no peito dele, sem incomodar. Ele sorriu ao ver o rosto dela, despenteada da intensa agitação na cama e reconheceu que tinham dormido algumas horas, ao ligar o aparelho de música. Como ela se agitou, ele aproveitou para lhe fazer carícias nas faces. Colocou um dedo na boca fechada que instintivamente se abriu, com o dedo polegar entre os seus dentes, ela fez de conta que era uma chupeta e, muito lentamente, foi ganhando consciência e acordou.(…)



Sem comentários:

Enviar um comentário