Google+ Followers

domingo, 14 de agosto de 2011

Os pobres sabem lutar, esperem...

Mas porque a dor, de quem trabalha e não come o pão de ninguém, é tão grande e arrasta sempre o exagero, corrigindo a mesma dor, para que o justo sentimento dos males presentes e possa pensar nos limites da ordem. Há Gente em Portugal à espera que a ordem estabelecida seja modificada; querem ser Gente com a qualidade de vida para poder ter momentos de felicidade. São aqueles que pagam, com os seus impostos o Riqueza Publica que é roubado dia sim, dia sim, por quem tem quase tudo. Mais dor, mais dor, um povo pacífico com somos, tende a se manifestar e de pacífico terá pouco… contem comigo, Gente como eu!




Sem comentários:

Enviar um comentário