Google+ Followers

segunda-feira, 29 de abril de 2013

"A pianista do Lobos - a editar


“…O último homem morto, na encruzilhada, agora sim, malvada, foi vista, pela presença do senhor Lobito e pela matilha, inteira, a trocar alimentos no muro; um feito tão cobarde, repugnante e abjecto, realizado por dois homens, conseguiu, longe do planeado, um feito corajoso, íntegro e de justiça, realizado por lobos! Prenderam com a violência das suas patas e, com medo associado ao mau feitio do condutor, o carro nunca mais se mexeu; nem para a frente nem em marcha atrás; foi erguido e tanto empuxão, agora está, estacionado, amassado e defeituoso nesta caverna com os tripulantes….”

 

Sem comentários:

Enviar um comentário