Google+ Followers

terça-feira, 19 de março de 2013

O natural é óptimo!


Da beleza da natureza ninguém se pode queixar. Se alguém hesita nesta inexplicável força que nos rodeia, ou é inconsciente ou anda muito alheado da vida! Desta interligação de uma simples arbusto até à molécula de uma rosa pouco bravia, apesar dos graciosos bicos do ramo que a sustenta; da energia pura e daquele natural som ou silêncio de uma borboleta, de uma abelha; do rasar de árvores ou da queda de uma pinha. É evidente que tais sentimentos só vivem e dão fruto naquelas pessoas que sentem o amor natural pela da natureza. A natureza, ainda mais bela, intacta e pura, é no “mar” de Mansores, serra da Freita e olhar os tesouros no centro de Arouca.

In “O Tesouro do Mar de Mansores” de José Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário