Google+ Followers

sábado, 16 de março de 2013

O melhor destino, para quem gosta de caminhar


‒ Aqui – disse Amélia – é a terra das rochas invulgares!

‒ Talvez… ‒ pondera o homem de Arouca ‒ no nosso concelho, há as pedras parideiras, que os geólogos já conseguem explicar. Pedras parecidas com este triângulo não existem, ou não são conhecidas pelas entidades competentes. Olha, aqui, este manual:

“O Geopark Arouca, correspondendo à área administrativa do Concelho de Arouca, é reconhecido pelo seu excepcional Património Geológico de relevância internacional, com particular destaque para as Trilobites gigantes de Canelas, para as Pedras Parideiras da Castanheira e para os Icnofósseis do Vale do Paiva.

O valioso e singular Património Geológico inventariado, cobrindo um total de 41 geossítios, constitui a base do projecto Geoparque Arouca, aliados a uma estratégia de desenvolvimento territorial que assegurará a sua protecção, dinamização e uso. Em simultâneo e em complementaridade, associam-se outros importantes valores como os arqueológicos, ecológicos, históricos, desportivos e/ou culturais e ainda a promoção da etnografia, artesanato e gastronomia da região, tendo em vista a atracção de um turismo de elevada qualidade baseado nos valores da Natureza e da Cultura.

Muitos destes sítios de interesse encontram-se integrados na intensa Rede de Percursos Pedestres, num total de 13, numa perspectiva de valorização e divulgação e promoção deste inestimável património.”

 

Sem comentários:

Enviar um comentário